Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
67

Sorteio de Páscoa - Will & Will, Um Nome, Um Destino

Olá, leitores!

Quem nunca ouviu falar do livro Will & Will, escrito por John Green, juntamente com David Levithan? Nesta Páscoa, resolvemos sortear entre os leitores do blog um exemplar desta obra (um livro doce para uma data doce). Para concorrer é simples: basta preencher abaixo os campos OBRIGATÓRIOS e, caso queira ganhar mais bilhetes para o sorteio, preencher os campos optativos.


a Rafflecopter giveaway


Regras Gerais:


1. Ter endereço de entrega no Brasil.
2. Participar da promoção durante o período de inscrição, que é de 01/04/14 até 30/04/14.
3. Cumprir todos os requisitos OBRIGATÓRIOS que garantem a participação.
4. Responder o email de contato no período de 48 horas após o sorteio. Caso não haja resposta, o livro será sorteado novamente.

Sobre o envio:

1. Não nos responsabilizamos por eventuais extravios, roubos ou perdas da transportadora.
2. Teremos um prazo de até 30 dias para ENVIAR o exemplar.
3. Caso o vencedor forneça dados errados e os livros retornem ao remetente, não reenviaremos novamente.
4Caso o destinatário encontre-se ausente e o livro retorne, o nosso blog não será obrigado a fazer o reenvio do nosso próprio bolso. Ou seja, caberá ao vencedor pagar pelo reenvio.

ATENÇÃO: perfis fakes ou utilizados apenas para participar de promoções serão desqualificados.

O resultado será divulgado dia 01/05, fiquem atentos!

Boa sorte a todos! 
6

De capa em capa #6: Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins

Hey, leitores!

Hoje trago para vocês as capas do livro Anna e o Beijo Frances, da autora norte americana (super fofa e estilosa) Stephanie Perkins. Segundo ela seus livros são "para adultos que não têm medo de admitir que romances adolescentes são ótimos!". Ela Adora café moca, contos de fadas, música alta, caminhar na vizinhança, chá de jasmim e tirar sonecas à tarde, além de beijar. Quem não gosta dessas coisas? rsrs
Stephanie já escreveu três livros, sendo Anna e o Beijo Francês o o primeiro da trilogia que leva o nome das protagonistas de cada livro, sendo assim o segundo livro se chama Lola e o Garoto da Casa ao Lado, e o terceiro livro - ainda não lançado no Brasil -chama-se Isla and the Happily Ever After (ou Isla e o Felizes para Sempre) dessa forma o título da trilogia fica Anna, Lola e Isla. Os dois primeiros livros foram lançados pela editora Novo Conceito aqui no Brasil, e o próximo ainda não tem previsão de lançamento no país.


Sinopse: Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer? 



Confiram as capas:




EUA, 1

15

Resenha #6: Ratos - Gordon Reece

Ratos

Lido em: Março de 2014
Título Original: Mice
Título (BR): Ratos
Autor: Gordon Reece
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580570700
Gênero: Romance/Suspense
Ano: 2011
Páginas: 240
Avaliação

Adquira seu exemplar clicando aqui!




Sinopse: Shelley e a mãe foram maltratadas a vida inteira. Elas têm consciência disso, mas não sabem reagir — são como ratos, estão sempre entocadas e coagidas. Shelley, vítima de um longo período de bullying que culminou em um violento atentado, não frequenta a escola. Esteve perto da morte, e as cicatrizes em seu rosto a lembram disso. Ainda se refazendo do ataque e se recuperando do humilhante divórcio dos pais, ela e a mãe vivem refugiadas em um chalé afastado da cidade. Confiantes de que o pesadelo acabou elas enfim se sentem confortáveis, entre livros, instrumentos musicais e canecas de chocolate quente junto à lareira. Mas, na noite em que Shelley completa dezesseis anos, um estranho invade a tranquilidade das duas e um sentimento é despertado na menina. Os acontecimentos que se seguem instauram o caos em tudo o que pensam e sentem em relação a elas mesmas e ao mundo que sempre as castigou. Até mesmo os ratos têm um limite.




"Quando um gato entra na toca dos ratos, ele não vai embora deixando-os ilesos. Eu sabia como aquela história iria terminar. Ele mataria nós duas."



Resenha

Do enredo: 
Shelley era uma criança como outra qualquer. Porém, com o passar do tempo e o crescimento das suas amigas (Jane, Emma e Teresa), que compunham o grupo chamado JETS (acrônimo do nome das quatro), ela se tornou um alvo. Por não se importar tanto com aparência e coisas fúteis como as colegas, Shelley virou vítima de bullying, começando com xingamentos e progredindo gradativamente, até chegar ao ponto de ocorrerem agressões físicas, na qual a última (e mais severa) se deu através de um "incêndio humano". Já sua mãe, Elizabeth, que antigamente era uma bela aposta como advogada, tornou-se dona de casa, pois seu marido (que supostamente não suportava o fato de a mulher ser melhor que ele) a obrigou a cuidar da Shelley e abandonar o emprego. Dezesseis anos de casamento foram por água abaixo quando o pai da protagonista pede o divórcio de Elizabeth porque se engraçara com a sua secretária, Zoe. Com a separação, quase tudo que era de ambos ficou para ele, e as duas, mãe e filha, se viram com pouco dinheiro, apenas com o necessário. Foi ai que decidiram se mudar para um espaço mais reservado, longe da cidade, onde não seriam incomodadas nem pelas agressoras de Shelley, nem pelo marido vingativo de Elizabeth. Elas queriam se esconder, como fazem os ratos: procuram um lugar escuro, longe de todos, para que possam se refugiar, evitando sempre os gatos. É ai que pinta o clímax do livro: no dia de seu décimo sexto aniversário, um ilustre desconhecido invade a casa, em busca de tudo que lhe possa dar dinheiro. O ladrão, que possui um facão de caça, amarra as duas em cadeiras na cozinha, e é daí que o enredo se desenrola.

Do exemplar: 
Não posso reclamar das edições da Intrínseca. Todos os livros que possuo desta editora são incríveis. O acabamento do livro é perfeito. Uma das coisas que amei é que a capa é furada (em forma de uma toca de rato), e a orelha realiza o complemento, dando uma espécie de profundidade ao buraco. Quanta criatividade! As folhas são amareladas, excelentes para uma leitura mais extensa, com fonte agradável e tamanho da letra normal. Vale salientar que adquiri meu exemplar por R$4,95 em uma promoção do Submarino! Fiquem de olho... há muitos livros bons por preços bem acessíveis. Não deixem passar descontos assim - leitores não vivem apenas de best-sellers.

Do autor: 
Gordon Reece é um autor/ilustrador nascido no Reino Unido. Estudou literatura inglesa no Keble College, em Oxford. Autor de Graphic Novels e diversos livros infantis ilustrados, Ratos é seu primeiro romance.

Minhas impressões:  
Esta é uma obra que, com muita certeza, ficará na minha memória por anos e mais anos. O livro é muito bem escrito, com idéias originais (isto explica o fato de poucos conhecerem, já que a grande maioria está apegada aos livros com a mesma temática simplista). Com o desenrolar do enredo, fui percebendo que o autor se excedeu um pouco em algumas cenas. A prática de bullying, por exemplo, me fez pensar um pouco. Será mesmo que existe alguém cuja infância você dividiu capaz de atear fogo no cabelo de uma pessoa que um dia fora sua melhor amiga? Achei um pouco forte e improvável. Muito ódio para pouca causa, sabe? Shelley e a mãe são fracas no início, o que me fez pensar que seria assim até o fim. Porém, quanto mais difícil é a situação, mais evidente fica que os laços sanguíneos falam mais alto. O livro dá muuuuitas reviravoltas, algo que é bom: deixa o leitor ansioso para saber o que acontecerá. A leitura, em certa parte, se torna impossível de ser interrompida. Comprei o meu exemplar por estar barato e por me interessar pela sinopse dele. Comecei a leitura sem expectativas, para não acabar me frustrando. Devo dizer que este livro me surpreendeu. Os R$4,95 foram muito bem pagos. Para ser sincero, esta foi uma das minhas melhores aquisições literárias, tendo em vista o custo-benefício.


Algumas quotes:

"Fitando o céu, eu gostava de imaginar que vivia em uma época mais simples e inocente - de preferência antes de surgirem os seres humanos, quando a Terra era um vasto paraíso verde e quando a crueldade de ferir apenas por puro prazer era completamente desconhecida." - pág 14


"Tudo em que pensava era que não importa o quanto somos próximos de alguém, sempre existirão limites - fronteiras que simplesmente não somos capazes de atravessar, questões que nos tocam tão profundamente que não podem ser compartilhadas. Talvez, pensei, aquilo que não conseguimos compartilhar com os outros seja o que realmente define quem somos." - pág 33



"A realidade era exatamente o oposto da ordem e da beleza; era o caos e o sofrimento, a crueldade e o horror." - pág 68



"Não acho que ela bebia por prazer. Ela bebia, inicialmente, para se anestesiar. O vinho dispersava os demônios que a assombrava ou, ao menos, tornava-os mais suportáveis." - pág 169




11

Dica Literária #4: Starters - Lissa Price

Hoje trago para vocês um livro que tenho MUITO interesse em ler, porém que ainda está na minha estante aguardando sua vez. Starters, da autora Lissa Price, é um título que ouço, há tempos, muitos comentários positivos. Não posso especificar dizendo se o livro é ou não tudo que dizem, mas espero descobrir em breve!


Starters
Título original: Starters
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630144
Ano: 2012
Páginas: 368
Tradutor: Ivar Panazzolo Júnior

Sinopse: Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbador em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...

E você? Já leu este livro? O que achou? Comenta aqui em baixo! #SH

2

Postagem Livre #2: Meus títulos




Boa tarde, devoradores de livros :3

Eu realmente não sabia o que postar hoje, então decidi expôr para vocês minha estante, com o intuito de me mostrar um pouco mais, para que me conheçam melhor. Sou uma pessoa que gosta de narrativas simples, como a de Harlan Coben ou James Patterson, mas não me prendo somente a isto. Entre meus títulos, como poderão ver nas imagens abaixo, também estão autores com uma linguagem mais densa, tais como J.K Rowling e Dan Brown. Amo livros de suspense/investigação, assim como livros de mundo paralelos e bruxaria.

Vamos fazer assim: Vocês dão uma olhadinha na minha estante e comentam aqui em baixo 1 ou 2 títulos que gostariam que eu fizesse resenha... que tal?

Os títulos mais votados entrarão na frente e estarão sendo resenhados nas próximas semanas!

Chega de blábláblá e vamos aos títulos...
2

De capa em capa #5: O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry


O Pequeno Príncipe

Oi, amigos! 

O De Capa em Capa desta semana traz para você um livro que, com muita certeza, já foi lido, adicionado à lista de leitura ou ao menos é conhecido por você. O livro "O Pequeno Príncipe", do autor francês "Antoine de Saint-Exupéry", que desde 1943 encanta os leitores, obteve em 2013 o número de 143 milhões de exemplares vendidos em todo o globo. O manuscrito original do conto, que foi traduzido para mais de 230 línguas e dialetos, é guardado na Pierpont Morgan Library,  NY, que foi um dos palcos principais das celebrações comemorativas do 70º aniversário de "O Pequeno Príncipe" ano passado. Em 2015, as obras do autor passarão a ser de domínio público (com exceção nos Estados Unidos e na França); logo, muitas outras edições serão lançadas no mercado. Se você ainda não leu este livro, corra para a livraria mais próxima!

Sinopse: O Pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino. Pela mão do pequeno princípe, recupera a meninice abrindo uma brecha no tempo, volta a sentir o perfume de uma estrela , a ouvir a voz de uma flor, a ver o brilho de uma fonte, escutar os guizos das folhas batidas pelo vento. Quebra-se por momentos a crosta que generaliza o outro em todos e torna as coisas comuns e iguais para se descobrir os carneiros dentro das caixas, os elefantes dentro das serpentes. Uma leitura inesquecivél para todas as idades.

Vamos às capas?

EUA1
Estados Unidos
EUA2
Estados Unidos, 2
5

Resenha #5: O guia do mochileiro das galáxias - Douglas Adams



Lido em: Março de 2014
Título Original: The Hitchhiker's Guide to the Galaxy
Título (BR): O guia do mochileiro das Galáxias
Autor: Douglas Adams
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788599296943
Gênero: Ficção Científica Cômica.
Ano: 2010
Páginas: 156
Avaliação

Adquira seu exemplar clicando aqui!






Sinopse: Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect.A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do mochileiro das galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.

Resenha: 

Do enredo: Arthur Dent acorda meio desnorteado, sem se lembrar o que houvera na noite anterior. Aos poucos, recorda-se que bebeu além da conta... e que sua casa será demolida naquele dia para a construção de um desvio. Descobre-se então, alguns minutos depois, deitado em frente à casa, tentando assim evitar sua destruição. É ai que chega Ford Prefect, amigo de Arthur há mais de 5 anos, quando este salvou sua vida. Prefect, um humonóide inusitado e peculiar (nascido em um pequeno planeta próximo à Betelgeuse), resolve então salvar a vida de Arthur em retribuição. O aviso é dado: O planeta Terra será destruído em 12 minutos! No decorrer da obra, Ford e Arthur passam por muitas situação hilariantemente perigosas, como pegar carona em uma nave Vogon - que acabam sendo expulsos pelo capitão Prostetnic Vogon Jeltz, sendo literalmente jogados no espaço -  ou em situações de sorte, como quando vão parar na nave Coração de Ouro, encontrando Zaphod Beeblebrox, que é nada mais nada menos que o Presidente do universo, assim como Trillian (ex-habitante da terra) e Marvin (robô que desvaloriza a vida, andando sempre depressivo, mas com uma mente brilhante). Ao lado destas figuras, o enredo se desenrola, com o grupo explorando o espaço, em busca de uma compreensão essencial da Vida, do Universo e de Tudo Mais, orientados pelo "Guia do Mochileiro das Galáxias", um livro digital que contém tudo (ou quase tudo) que se sabe sobre o universo e seus habitantes!

Do exemplar: Embora este livro tenha sido adquirido na versão econômica, TODOS os exemplares da coleção são excelentes. A capa de brochura (que não possui orelha, é óbvio) também é muito boa. Folhas amareladas, que possuem uma espessura razoável (quase não se vê o outro lado) e com uma fonte e tamanho de letra agradável. A série (5 livros) custa apenas 29,90 no submarino! comprem logo AQUI

Do autor: Como sou mais apegado à livros de crônicas e ficções, estranhei um pouco ao ler as hilariantes frases de Douglas Adams. De uma forma simples, o autor passa as suas teorias ao leitor. Além de ser escritor, Douglas também foi comediante em vida, explicando assim a presença do humor em todo o enredo, desde o seu modo de entender o cosmos como nos pensamentos que desde sempre rondam a cabeça do homem: "Quem somos nós? Para onde estamos indo? O que é a existência?". Ateu, criticou de forma explicita a igreja e todos os preceitos criados por ela, sempre com um tom de ironia ou sarcasmo e humor. Morreu aos 49 anos, em 2001, deixando para a humanidade excelentes obras. Obrigado, Adams!

Algumas quotes:

"Há uma teoria que indica que se alguém descobrir exatamente para que e porque o universo está aqui, o mesmo desaparecerá e será substituído imediatamente por algo ainda mais bizarro e inexplicável... Há uma outra teoria que indica que isto já aconteceu."

"Não é o bastante ver que um jardim é bonito sem ter que acreditar também que há fadas escondidas nele?"

“A tecnologia para tornar algo invisível é tão infinitamente complexa que, é muito mais simples e eficaz remover a coisa e esquecer o assunto.”



Até logo,
Sérgio H.


6

Dica Literária #3: Coraline - Neil Gaiman

Hoje indico para vocês Coraline, um livro super divertido, misterioso e gostoso de se ler e que a todos encantam. Li esse livro em meados de 2012 e a história é realmente interessante, daquelas que passamos uma tarde lendo e lendo até finalizarmos a leitura. Além de ser uma leitura rápida, o livro possui varias ilustrações, algumas um tanto quanto bizarras, mas que não deixam de serem encantadoras.






Título original: Coraline
Edição: 1
Editora: Rocco Jovens Leitores
ISBN: 9788532516268
Ano: 2003
Páginas: 160
Tradutor: Regina de Barros Carvalho

Sinopse do livro:
Coraline é uma exploradora, depois de se mudar para uma casa com 14 portas em um dia chuvoso ela resolve explorar a casa, então encontra uma porta que esta trancada, com a ajuda da mãe a porta é aberta, porém ela da de cara para uma parede de tijolos. Numa noite Coraline é acordada com um barulho que a leva até a porta, mas atrás desta porta não mais existe uma parede, então Coraline
0

Postagem Livre #1 : Confiram alguns lançamentos já confirmados


The Maze Runner ganha adaptação cinematográfica 


A saga escrita por James Dashner, ganhou adaptação cinematográfica e chegará as telas este ano. O primeiro pôster oficial do filme e o primeiro teaser trailer da adaptação foram divulgados hoje.
Confiram abaixo:




Intrínseca publicará livro de preceitos presentes em "Extraordinário"



“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.”
“Seus feitos são seus monumentos.”
“Não tenha amigos que não estejam à sua altura.”
Esses são alguns dos preceitos que o professor Browne passa para os alunos no livro Extraordinário, de R. J. Palacio. E a história de Auggie fez tanto sucesso que a autora recebeu mais de mil novos preceitos criados por leitores de todo o mundo. Palacio então decidiu fazer um livro só com mensagens positivas, como as recomendadas pelo mestre querido. 365 Days of Wonder: Mr. Browne’s Book of Precepts será lançado nos Estados Unidos em agosto. A Intrínseca publicará a obra no Brasil, ainda sem data de lançamento definida.  Fonte: aqui


Galera Record publicará mais um livro do David Levithan

A Galera Record já confirmou para a alegria dos fãs de David Levithan que irá lançar mais um livro do autor aqui no Brasil. Tendo já lançados três livros do autor no pais, entre eles: Nick e Norah: Uma Noite de Amor e Música, Will & Will - Um Nome, Um Destino e Todo Dia, agora a editora publicará o livro Two Boys Kissing.



O livro conta a história de Harry e Craig, um casal que decide protestar contra um recente crime de ódio de uma forma inusitada: entrando para o Guiness com o beijo mais longo do mundo. Mas muita coisa pode mudar nas 32 horas, 12 minutos e 10 segundos necessários para quebrar o recorde.

A data de lançamento ainda não foi divulgada pela Galera Record e ainda não sabemos se a editora irá manter a capa original (esta ali em cima) e qual será o título nacional, mas o lançamento promete mexer com o mercado editorial, pois livros com essa temática não são tão explorados no pais.

Assim que tivermos mais noticias sobre o livro divulgaremos para vocês. Aguarem!

Enquanto isso, leiam a resenha de Todo Dia, postada no blog clicando AQUI






9

De capa em capa #4: Cidade das Cinzas - Cassandra Clare

Cidade das CinzasOlá, leitores!


      Esta semana, na coluna De capa em capa, trazemos para vocês um livro que faz parte de uma série que muitos gostam. Nunca tive a oportunidade de ler livros da Cassandra Clare, mas como ouço e leio muitos comentários positivos acerca de suas obras, decidi que esta semana as capas são inteiramente dela! Em Cidade das Cinzas, a autora cria um mundo repleto de coisas que existem nas lendas de todo o mundo, como demônios, vampiros, lobisomens, fadas, etc. Você também gosta deste mundo mágico? Então confira a sinopse!

Sinopse: Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau... e também o pai de Clary e Jace.

Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?

Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações. 

Bom, que tal irmos às capas?


clip_image006
Bulgária
clip_image014
Polônia

clip_image004
Alemanha
clip_image008
Eslováquia
clip_image010
Itália
clip_image012
Lituânia
10

Resenha #4 : Cidades de Papel - John Green



Lido em: Março de 2014
Título: Cidades de Papel
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 368
ISBN: 9788580573749

Adquira seu exemplar clicando aqui.

Avaliação:    





Resenha:

"Estou indo embora, e o ato de ir embora é tão empolgante que sei que nunca mais vou voltar. Mas e depois? Você continua simplesmente indo embora dos lugares abandonando-os, vadiando uma jornada perpétua?" (Pág. 262)

Quentin Jacobsen, ou simplesmente Q., é um jovem de 18 anos que tem um forte sentimento por sua vizinha Margo desde sua infância, e isso não se resume a uma simples amizade. Ele sabe muito bem que não tem chance com a garota que atualmente vive em outro mundo. Podemos dizer que ele é o garoto Nerd que tem apenas dois amigos e possui uma vida parada, já ela é a garota descolada e popular que forma um par perfeito com um  carinha que se acha o maioral, mas que se revela um completo cafajeste.

Com o final do colegial, Q. junto com seus amigos Ben e Radar passam boa parte do tempo conversando sobre a formatura ou jogando videogame, além de irem para a escola. Mas a vida de Q. ganha uma reviravolta, quando, em certa madrugada, Margo quase o obriga a sair de casa com ela para cumprir 11 tarefas desconhecidas, e ele receoso aceita sem saber que no dia seguinte essa aventura mudaria a sua vida.
0

Resposta ao Book Talk #4: Opiniões negativas sobre livros



Olá, pessoas!

Como passei o último final de semana e o início desta viajando, acabei deixando de acompanhar os vídeos da Tatiana Feltrin, do canal Tiny Little Thing, mas como já voltei, resolvi me atualizar e assistir suas últimas postagens, e eis que me deparo com o vídeo Book Talk #4: Opiniões negativas sobre livros, onde a Tati nos mostra sua visão a respeito de leituras desagradáveis e como nos portamos ao mostrar nossa opinião e/ou ouvir/ler/ver a de outras pessoas, além disso, ela levanta um debate com 3 pequenos
questionamentos que irei responder, só que antes disso, peço a vocês que deem  uma olhadinha no vídeo dela AQUI!

Perguntas propostas:
1) Opiniões negativas de outros sobre um determinado livro já te fizeram desistir de comprá-lo e/ou lê-lo?  

Sim. Porém, não levo em consideração apenas uma opinião, sempre busco procurar mais resenhas e opiniões sobre o determinado livro, dependendo da qualidade da resenha e do embasamento, eu posso comprar ou até mesmo deixar de adquirir um livro.

3

TAG #1 - 10 perguntas literárias

      Com tantas TAG's literárias rolando por ai, fiquei com uma certa dúvida de qual deveria responder. Acabei optando as "10 perguntas literárias" que, além de simples, é bem descontraída e fará com que vocês me conheçam um pouco melhor. Vamos lá?

Perguntas & Respostas:

1 – Qual a capa mais bonita da tua estante?                                       R: Não preciso nem pensar. Amo todos os meus livros, mas é claro que tenho aquele "xodó". A capa que mais gosto pertence ao segundo livro da trilogia Fronteiras do Universo, denominado "A faca Sutil". Vale salientar que os livros desta trilogia são os meus preferidos.




2 – Se pudesses trazer 1 personagem para a realidade, qual seria?
   R: Sem sombra de dúvidas eu traria o Charlie! Seu jeito de ser e observar o mundo é muito cativante. Adoraria ter um amigo como ele. Stephen Chbosky foi um gênio ao criar um ser tão doce e ingênuo que fizesse o leitor, literalmente, se apaixonar por ele. Não falo apaixonar no sentido "amoroso" da palavra, mas apaixonar no sentido de ter um carinho especial por aquele personagem. De todos os livros que já li, Charlie é o protagonista que mais gostei de acompanhar. Para ser bem sincero, fiquei triste quando o livro acabou... fiquei me perguntando o que aconteceria com ele nos outros dias da sua vida que estavam por vir.


8

De capa em capa #3: Quem é você, Alasca? - John Green

Bom dia, leitores!

     Já se sabe há tempos que os livros do escritor John Green estão conquistando os leitores de todo o mundo, correto? Nesta semana, na coluna De capa em capa, trazemos para vocês "Quem é você, Alasca?", publicado em 2005 nos Estados Unidos pela Dutton Juvenile. Narrado em primeira pessoa pelo personagem Miles Halter, o enredo se passa, na maior parte do tempo, dentro da escola preparatória Culver Creek. Lá, ele conhece duas pessoas que logo faz amizade: Chip Martin (vulgo Coronel) e a personagem que dá nome ao livro: Alasca Young.


Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".

Vamos conferir as capas? Clique em Leia Mais e acompanhe!

21

Resenha #3: O Lado Bom da Vida - Matthew Quick



Lido em: Fevereiro de 2014
Título: O Lado Bom da Vida
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580572773
Gênero: Romance
Ano: 2013
Páginas: 256
Avaliação:  ✫✫

Adquira seu exemplar clicando aqui.









Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.

                              "Estou praticando ser gentil, ao invés de ter razão"

Resenha:

Pat Peoples acaba de sair de uma clinica psiquiátrica, onde passou 4 anos internado sob tratamento médico. Tendo um único objetivo: reencontrar sua esposa e acabar com o "tempo separados". No entanto, ele não faz a minima ideia de qual motivo o levou aquele lugar ou o tempo que passou lá. A mãe de Patt é a responsável por essa mudança na vida dele em um período próximo natal, e quando Pat volta pra casa, percebe que está tudo diferente de como era antes. Quando ele é convidado para um jantar na casa do amigo Ronnie, Tiffany, uma viúva que também passa por tratamentos psiquiátricos, entra em sua vida, e é depois disso que a história passa a ter um — lento — desenrolar.


O livro é narrado em primeira pessoa pelo personagem pelo Patt em capítulos alternados, alguns grandes demais, outros bem curtos. É uma leitura simples e com uma linguagem de fácil compreensão, sem muitos acontecimentos empolgantes e extraordinários.

Pat, em todo o livro é infantil, com os seus ataques contra o Kenny G e seu vicio de malhar, sem contar que todas as suas atitudes são voltadas para o bem da Nikk, glorificar Nikk, praticar o bem para a Nikk, não fazer isso pois a Nikk não vai gostar e blah, blah, blah NIKK... Ou seja, ele se importa mais com a ex mulher do que consigo mesmo. Já a personagem Tiffany é louca bastante sincera e fala tudo o que pensa e é ela quem tenta, do jeito dela, ajudar o Pat a superar sua ex.

Uma das partes mais chatas do livro, e que está presente em boa parte dele, é a incessante necessidade de se falar de futebol americano. O pai do Pat é irritante, enquanto o mundo do filho gira em torno da Nikk, o mundo do pai gira em torno do futebol e quando o seu time perde, quem paga injustamente é a sua esposa.
   
O Lado Bom da Vida é totalmente diferente do que eu já havia lido, mas não sei se o problema foi comigo ou com o enredo, pois até agora tento entender o que aconteceu com o Pat, pois no livro, a única explicação que ocorre não é verídica (ou é e eu não peguei isso?). Confesso que esse livro me surpreendeu, negativamente, claro. Depois de ler tantas criticas boas, eu acabei criando expectativas para ele e o mesmo me decepcionou.  

Apesar dos pesares, eu não recomendo a leitura de O Lado Bom da Vida, porém, nunca se sabe qual efeito o livro irá causar em cada um de nós, e se sentir vontade de lê-lo, leia, mas se por acaso acontecer de a leitura não estar te agradando, não pense duas vezes: abandone-o. Há inúmeras leituras prazerosas, não desperdice tempo; a vida é curta. Uma última coisa: se forem ler, estejam avisados de que irão encontrar muito spoilers de livros clássicos (isso me irritou muito). 

Até logo,
Pedro S.

2

Dica Literária #2: A bússola da Ouro - Philip Pullman

Hey, devoradores de livros!

      Nesta segunda publicação da coluna Dica Literária, trazemos para você um livro extraordinariamente bom: A Bússola de Ouro. Nele, que se passa em um universo paralelo, a presença de feiticeiras e urso polares de armadura é totalmente normal. A narrativa do livro acompanha a protagonista Lyra Belacqua, que viaja para o Norte em busca do seu amigo Roger Parslow, que se encontra desaparecido, vitima dos Gobblers. Vale ressaltar também que as almas das pessoas não estão dentro dos corpos dela, como acreditamos estar em nosso mundo. Lá, a manifestação espiritual de um humano é dada através de um deamon, animal que "aparece" no nascimento de um novo indivíduo e que o acompanha pelo resto da vida, adquirindo uma forma física única na puberdade do seu humano. 
      Se você já leu As crônicas de Nárnia e gostou, você com certeza gostará desta trilogia (A Bússola de Ouro, A Faca Sutil, A Luneta Âmbar). Philip Pullman consegue fazer, no decorrer dos três livros, uma crítica pesada ao modo de agir da igreja que, a todo custo, tenta barrar a ciência e manipular a população. Outros temas abordados são física, filosofia e teologia. Confira!



Informações do livro:


Título Original: Northern Lights
Título: A Bússola de Ouro
Autor: Philip Pullman
Gênero: Romance de Fantasia
Edição: 2
Editora: Objetiva
ISBN: 9788573028423
Ano: 2007
Páginas: 365
Tradutor: Eliana Sabino





Sinopse:

      Quando Roger, amigo de Lyra, desaparece, ela e seu daemon, Pantalaimon, resolvem procurá-lo. Viajam para os reinos frios do Norte, onde urso de armadura e bruxas-rainhas voam pelos céus congelados.
Lyra possui um aparelho que auxiliará na missão - caso ela consiga decifrar suas mensagens misteriosas. Mas o equipamento contém segredos assustadores sobre a viagem e os perigos que os esperam em mundos distantes.


Minha edição *o*



Gostou? Então adicione este livro no Skoob AQUI!
15

De capa em capa #2 - A Menina Que Roubava Livros

Hey, jovens leitores.

     Hoje, na coluna De Capa em Capa, trazemos pra vocês A Menina Que Roubava Livros, do autor Markus Zusak. Quem nunca ouviu falar desse livro, ainda mais agora com a recente adaptação cinematográfica? Este é um dos livros mais lidos do Skoob e não é por menos: trata-se de uma bela história. 

Sinopse: 
     Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.


Vamos conferir as capas?



Brasil, original

Brasil, capa do filme

EUA, 1

EUA, 2


Portugal

Alemanha


Espanha

Itália

UK

França


Austrália


Romênia


Lituânia


Pra ser sincero, acho a edição brasileira (original) muito bonita e atrativa. E você?
Comentem, gostaríamos de saber.