Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
14

Resenha #46: Ela e Outras Mulheres - Rubem Fonseca


Lido em: Novembro de 2014
Título: Ela e Outras Mulheres
Autor: Rubem Fonseca
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Contos
Ano: 2006
Páginas: 176


Adicione esse livro ao Skoob

Avaliação:  
 



Resenha


Ela e Outras Mulheres é um livro de contos do mineiro Rubem Fonseca, e como o próprio título sugere tem como enfoque as mulheres, de suas diversas formas. São vinte e sete contos, cada um com um nome de uma mulher: Alice, Joana, Guiomar, Lavínia, Luíza, Miriam, Selma, Xânia, Diana... Cada mulher que ele retrata é única na sua simplicidade, na sua loucura, nos seus atos.

O autor, nesse livro, quebra o padrão da mulher que estamos habituados na literatura. Ele nos mostra mulheres simples que possuem desejos escondidos, mulheres que traem e que desejam matar o marido, mulheres amarguradas e uma cleptomaníaca. Ora elas são apresentadas como vítimas, ora como algozes, sempre com características desvirtuadas, mas fascinantes de se ler.  


A maioria dos contos são narrados em primeira pessoa por um personagem masculino, que nos conta sua experiência com determinada mulher. Em cerca de quatro contos, o personagem José, que é um matador de aluguel, reaparece como narrador, e nos conta a relação de sua profissão e as mulheres que cruzam seu caminho - como Belinha, que quer que ele mate o pai dela, para poder ficar com a herança. 

Rubem Fonseca tem uma forma leve e rápida de escrita. O livro, que como já dito é composto de vinte e sete contos distribuídos em 176 paginas, é daqueles que você lê em um fôlego só. O autor não tem pudor e fala de varias temáticas, como sexualidade, assassinato, tortura, e não poupa as palavras ao descrevê-las, despertando, em contos curtos, a curiosidade do seu leitor. 


Em seus contos, de uma forma visceral, o autor expõe aquilo que ninguém percebe, mostra que as mulheres, assim como qualquer ser humano, está suscetível à violência, a matar, a ter desejos inconscientes. Apesar de alguns contos terem o desfecho previsível, eu apreciei muito a leitura e adorei a escrita de Rubem Fonseca. Já estou curiosa para ler as demais obras do autor, que parecem ser tão boas ou até melhores que esta.




14 comentários:

  1. Olá!
    Ainda não li nenhum livro nesse formato, contos. Mas sempre que leio uma resenha de um livro assim, são feitos muitos elogios em relação a obra.
    Gostei particularmente desse livro por ser narrado por personagens masculinos, como normalmente leio histórias narradas por mulheres, essa característica me chama muito a atenção porque me daria uma nova perspectiva de pensamento.


    Beeijos, O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Meu professor de literatura admira muito o Rubem Fonseca, inclusive, ele fez o TCC da faculdade sobre as obras desse autor que foram proibidas durante a ditadura militar. Há algumas semanas ele trouxe um de seus contos para a sala de aula e me deparei com uma leitura única, repleta de violência e coisas do tipo. Apesar do choque, passei a admirar muito o autor.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  3. Ola Eli fiquei aqui imaginando a narração do conto sobre a versão masculina , da mulher que queria matar o marido , ele sendo a vítima hehe . Gostei do tema dos contos, afinal o mundo feminino é repleto de emoções a flor da pele , intensa ao extrema, ou suave como a brisa. Já indo para minha lista de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Eli!
    Adorei a ideia desse livro de contos. Eu nunca leio contos, por não gostar mesmo, mas fiquei bastante interessada nesse. Retratar mulheres de uma forma diferente do que vemos por aí chega até dar um alivio para leitores, como eu, que se sente saturada com tanta personagem chata.
    Sempre fico chateada com essa coisa de nomes, pois eu sei que NUNCA vou ver meu nome por aí. HUAEUIOHAUEHAUEI Difícil ter um nome estranho.

    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  5. Olá, Elidiane! Ainda não conhecia essa obra, mas confesso que ela despertou minha atenção! Amo livros de contos e só de ler a sua descrição de alguns contos, já fiquei com vontade de ler o livro! Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Não conhecia a obra, mas já fiquei interessada nesses contos, de saber o que passa na cabeça dessas mulheres. Deve ser uma narrativa interessante. Vou procurar ler.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não sou muito chegada em contos, e pra falar a verdade o livro não me atraiu muito não... essa questão dele tratar de assuntos como tortura e assassinato sem poupar palavras para descrevê-los me faz querer passar longe... prefiro mesmo meus livros de romance e fantasia, pra fugir dessa realidade que a gente tem que encarar no dia-a-dia, em que realmente acontecem coisas como uma mulher querer que o pai morra para ficar com a herança.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu não sou fã de ler Coletânea de contos, mas essa parece estar bem legal com personagens bem crués e com faces mais maléficas. Se tiver oportunidade pretendo lê-lo.

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  9. Oi Eli!
    Olha, do Rubens, eu li dois contos, O Cobrador e Cidade de Deus. A escrita não me agradou muito, pq tipo tinha palavras de baixo escalão e uma girias bem chatinhas. As tematicas tambem não foram minhas favoritas, pq tipo, eram bem violentos, ambos, retratando a realidade na periferia carioca. Mas esse parece ser diferente :D Quem sabe 2015 eu num leia?

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  10. Oiee, tudo bem?

    Gosto muito do Rubens, ele escreve muito bem. Li vários livros dele para o colégio. Parabéns pela resenha e espero que tenha a oportunidade de conhecer outros livros do autor

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Elidiane! Como vai?
    Nunca tinha ouvido falar do livro e nunca li nada do Rubem Fonseca (acho). Fico feliz por ter gostado da leitura! Apesar de gostar de contos curtos, não creio que irei gostar da leitura. É algo... fora do meu estilo, mesmo parecendo interessante. Ah, quem sabe um dia eu leia? Gostei da resenha. E achei legal o fato de ele retratar vários tipos de mulher.
    Beijinhos,
    Karol.
    http://heykarol.blogpsot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Elidiane!
    Contos, crônicas, poesias e outros textos curtinhos normalmente não me interessam. Esse livro não me atraiu por outro motivo além desse: a quantidade. Sou do tipo que prefere perder horas com um mesmo personagem a me desapegar deles tão fácil, ainda mais sendo 27. Vou entrar em crise! rsrsrs
    Mas os temas abordados são interessantes, então pra quem gosta do gênero vai ser uma boa experiência.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Elidiane,
    muito interessante este livro que aborda vários contos sobre mulheres onde cada uma tem sua personalidade, e carácter. Não sendo as belas e velhas clichês.
    Vou procurar pelo livro e espero poder ler o quanto antes.
    Parabéns pela resenha flor.

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  14. Conto é um dos meus gêneros favoritos, se não for o principal. Acho que ainda não li nada de Rubem Fonseca, mas assisti a minissérie Agosto, que foi exibida pela Rede Globo. Parece que é característica da escrita de Rubem retratar o mundo de assassinos, prostitutas, etc. O lado mais violento do ser humano.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!