Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
22

Resenha #23: Ele Está de Volta - Timur Vermes

Lido em: Julho de 2014
Título: Ele Está de Volta
Autor: Timur Vermes
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580575293
Gênero: Ficção
Ano: 2014
Páginas: 304


Confira aqui a sinopse do livro.

Avaliação:   



Resenha


O ano? 2011. O local? Berlim. 

Em um dia normal, um fato nada comum acontece. Misteriosamente, o maior e mais lembrado líder nazista acorda em um terreno baldio da capital alemã, com as roupas cheirando a querosene e com uma forte dor de cabeça, porém bem. Isso tudo depois de mais de sessenta anos de sua "suposta" morte! Desnorteado, o narrador nada convencional anda pela cidade que, para ele, está quase irreconhecível. Não existe mais guerra, nem Eva Braun e muito menos uma sobreposição da raça ariana (pelo o contrário... a cidade está infestada de estrangeiros)!

Mas as pessoas o reconhecem: não como o grande Guia, mas como um comediante local que faz um enorme sucesso se passando por ele. A partir daí, após a mídia tomar conhecimento de sua existência e absurda semelhança com Hitler (embora ele seja Hitler!), o sucesso desenfreado o acompanha. Em poucos dias, seu primeiro discurso anti-judeus já está com mais de 700.000 visualizações no Youtube e ele vira uma febre mundial! 

"Vê-se também que a guerra não revela no homem apenas os sentimentos mais severos, mas também os mais suaves, ternos. A batalha, em muitos sentidos, esculpe um homem melhor."



Uma vez transformado em um sucesso das redes sociais, o líder nazista tenta, por meio da atenção que lhe foi dada, "salvar" novamente a Alemanha dos perigos que os estrangeiros, os "inferiores", trazem. Foi altamente interessante perceber que o Hitler presente na narrativa continua sendo (até onde se pode ser) tão persuasivo quanto o Hitler da vida real. Durante quase todo o enredo, a lábia do Führer consegue guiar algumas pessoas ao seu modo. Interessante também foram as passagens que retrataram o choque de época. Com as inúmeras novas tecnologias do mundo moderno, acaba sendo cômico acompanhar os momentos em que o narrador não consegue lidar com aparelhos tão usados nos dias de hoje, como um smartphone ou uma simples televisão.

Sendo a obra narrada por um personagem com grande capacidade intelectual (sim, o autor se satisfez dessa qualidade de Hitler), o livro apresenta partes bastante densas, o que acaba por dificultar o andamento da leitura. Diversos temas são abordados com um grau de capacidade crítica acima do comum, o que me fez ter que ler e reler diversas vezes uma mesma passagem. 


Os pensamentos preconceituosos e puramente nazistas continuam encrustados no Führer, mas ninguém o leva a sério. A linha de raciocínio seguida (que é a mesma implantada por ele até 1945) mostra-se tão ultrapassada para os dias de hoje (bendita seja a globalização!) que é impossível não achar graça em seu discurso. Claro que, em algumas partes (como da a afirmação das monstruosidades praticadas nos campos de concentração), o humor se afasta um pouco e dá lugar ao "reflexivo", mas o livro em si é composto de muita comédia inteligente! 

Vale salientar também que, sendo um livro onde está presente muitas ideologias e pouca ação e movimento, encontrar partes com muito diálogo e dinamicidade é um tanto quanto prazeroso. Embora o autor tenha sido genial ao expressar os pensamentos do Guia tão bem, sinto que ele falhou no quesito "animação". O Führer é tão conhecido pela sua excelente argumentação e oratória que me senti mal por essa parte não ser tão focada. Outra coisa que não me agradou foi o fato do início e final do livro não serem tão bem explicado, cabendo ao leitor tirar várias conclusões.

O exemplar físico, como sempre, é de qualidade ímpar. As folhas são amareladas e a diagramação está impecável. Vale à pena conferir!

"Pois o dom especial de um Führer não é o acúmulo de puros fatos - seu dom especial é a capacidade de decidir rapidamente e assumir a responsabilidade pela decisão."


Sobre o autor 

Timur Vermes nasceu em Nuremberg, na Alemanha, em 1967, filho de mãe alemã e pai imigrante húngaro que deixou o país em 1956. Estudou história e política antes de se tornar jornalista, escreveu para os jornais alemães Abendzeitung e Cologne Express e trabalhou para uma série de revistas, além de atuar como ghost-writer de diversos livros até 2007. Ele Está de Volta é seu primeiro romance. 



Até mais,

22 comentários:

  1. A-DO-REI o book trailer. Povo criativo são outros 500... Muito bom!
    Eu conheci o livro na Turnê Intrínseca e de cara já fiquei interessada. Como eu tenho MUITA dificuldade com História, gosto de livros que consigam relacioná-la com a ficção que o autor inventou, é uma forma de me ajudar a entender melhor o período, saindo da teoria. Ainda mais com esse humor crítico que eu amo, tem tudo pra eu gostar. Espero poder comprá-lo em breve.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  2. Cara, acho que vou adorar esse livro. Imagino o quão cômico deve ser Hitler em pelo século XXI hahaha' Adorei a resenha! Bjs ~Escondidos No Livro!

    ResponderExcluir
  3. Quando vi a capa do livro, a primeira reação foi AI MEU DEUS, kkkkkk Fiquei empolgada com a história, gosto de livros assim, certamente quando for ler também terei que refletir muito em algumas partes. Ri muito com o book trailer, sensacional, muito criativo!
    Beijos
    Porão da Liesel

    ResponderExcluir
  4. Sérgio meu caro que livro interessante, reviver o doido do Hitler, deve ser uma leitura bem peculiar. Fico imaginando de onde o autor tirou essa ideia? Hehehe

    Abraço,
    Diego de França

    Aguardo sua visita ;-)
    Leitor Sagaz

    ResponderExcluir
  5. Oii... Que livro legal! A capa lembra um pouco "Extraordinário". O book-trailler está incrível, assim como a sua resenha.
    Parabéns, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Seguindo!

    http://meuuniversopeculiar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Sérgio!
    Que resenha excelente!!
    Eu já estava com bastante vontade de ler esse livro só pela premissa de trazer o líder nazista pra o nosso convívio atual. Gostei do fato do livro mesclar a comédia inteligente com momentos de reflexão, como você destacou.
    Acho que as partes densas se justificam pela parcela cruel da história mundial que esse protagonista construiu. Com certeza farei essa leitura.

    Beijos
    Espero sua visita =)
    http://numrelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Sério, não tinha vontade de ler este livro, mas já vou procurá-lo no Submarino. kkkkkkk Hitler está mais para Tiririca.
    Amei a resenha!

    Beijooos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir
  9. Eu jurava que era mais um tipo de biografia e nunca me interessei, mas agora com sua resenha, morrendo de vontade de comprar, haha, vou ficar pobre desse jeito! Parece ser ótimo, mas infelizmente a capa não consegue transmitir isso, e eu acabei não me interessando a primeira vista pelo livro :c -pra falar a verdade, me interesso muito pelo assunto da segunda guerra e tls, mas estou farto de ler relatos e biografias sobre, mas vou dar um jeitinho de burlar minha mente e ler esse-
    Adorei a resenha <3
    XOXO
    onthislastday.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Sérgio.
    Desde que esse livro foi lançado, eu tive curiosidade sobre ele, porque a premissa oferece uma proposta bem bacana, mas já percebi que a história não vai me agradar, eu imaginava outra coisa....por isso que muitas vezes prefiro ler um livro às cegas.
    Eu esperava que essa característica de Fuhrer em ser argumentativo fosse bem explorada, mais um fato que me desanimou em fazer a leitura.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  11. É, parece ser engraçado, mas não faz meu estilo. Essa leitura eu passo.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá tudo bem???
    Bom lendo a sua resenha não achei que esse livro seria meu tipo de leitura. Não consegui ler A menina que roubava livros por ter a história semelhante... e desisti nas duas tentativas... Agora olhando pela capa eu ficaria bem na dúvida porque a capa é simples, mas bem sugestiva... Xero!!

    ResponderExcluir
  13. Eu adorei a proposta desse livro, ganhei em uma promo no twitter da Intrínseca e até hoje não chegou aqui. Quero ler e ver se gosto do livro.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Ol´Sergio,
    acabei de comentar em outra resenha desse mesmo livro e tava pensando em copiar e colar meu cometário por pura preguiça, mas n vou fazeer isso não hahahah
    Eu achei a capa muito legal e de cara já sabemos de quem se trata a história (Marcos discorda e não gostou da capa). Como sou fascinado por história e principalmente pela segunda guerra tenho certeza que iria AMAR ver Hitler se lascando nos dias atuais kkkk
    Super Abraço, Victor Rosa
    Encantos Paralelos

    ResponderExcluir
  15. Eu tenho certeza que iria adorar esse livro! Leituras complexas são um desafio para mim e eu gosto de tentar entender e compreender a história, por maior que seja a dificuldade de perceber detalhes nas entrelinhas. A capa super me chamou a atenção e eu não vejo a hora de tirar minhas conclusões a respeito desse livro!
    Beijos!
    https://cantaremverso.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Quis ler esse livro desde que vi o lançamento, e fiquei muito feliz por saber que a maior parte é uma comédia inteligente! Além disso, ainda tem a parte reflexiva. Acho que vou gostar da leitura.

    Só não vou curtir o início e o fim mal explicados, não curto muito essas coisas abertas demais.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  17. Bem interessante Hitler em plena comédia , o livro deve dar uma visão interessante em pleno século atual . Mas creio que não se encaixa em meu tipo de leitura , mesmo tendo seus momentos de comédia . E por sua resenha início e final em aberto já não vou gostar .

    abraços

    Joyce

    ResponderExcluir
  18. Hey, só eu percebi que o book trailer é da lua de papel e não da intrínseca?!
    Mas fato que ele ficou divertidíssimo!
    Eu tenho muitas duvida se vou ou nao curti o livro. por um lado acho que irei me divertir, mas por outro... todo esse lado ideológico me cansaria bastante!
    Outra coisa, finais em aberto... não curto ;S

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  19. Oi Sérgio,

    gostei do Book Trailer, adorei sua resenha e a forma como você apresentou o livro com coerência destacando os pontos positivos e como a trama se desenvolveu, mas, não gostei do enredo. Essi de discutir ideologia e tudo o mais, sobretudo nazista, me faria lembrar meus dias como estudante e não curto muito.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi! Adorei =D
    O Book Trailer é muito engraçado mesmo!
    Achei o livro bem interessante, porque quando olhei a capa pensei que seria uma biografia chata e massante, mas pelo visto é bem o contrário.

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Sérgio!
    AMEI! Eu e meu irmão temos um tipo estranho de fascinação pela história do Hitler aqui em casa. Eu já tinha visto esse livro mais não sabia a temática dele. Que legal, criativa essa história, me interessei mesmo em ler! Parabéns pela resenha!
    Um grande Beijo!
    Paulinha Juliana - Overdose Literária!

    ResponderExcluir
  22. Olá Sérgio, tudo bem com você?

    Pelo que entendi, o livro acaba sendo, acima de tudo, uma sátira de como seria ter Hitler nos dias atuais, cheio de comunicação e tecnologia.
    Gostei da premissa e vamos ver quanto ele estará na Bienal.

    Beijo

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!